segunda-feira, 17 de agosto de 2015

[Resenha] Feliz Ano Velho @alfaguara_br

Título Original : Feliz Ano Velho
Autor : Marcelo Rubens Paiva
Editora Alfaguara
Número de págs: 270














Tinha 15 anos quando li esse livro pela primeira vez, não lembrava de muitas coisas, mas lógico que sabia do principal da história .
Marcelo tinha apenas 20 anos quando próximo ao Natal de 1979, o estudante de Engenharia foi mergulhar com amigos e ao brincar que tentaria achar o tesouro do Tio Patinhas - para quem não lembra o personagem mergulhava em suas moedas de ouro - nunca mais sua vida foi a mesma.
O rapaz ficou paralítico, meses internado, e sua história foi de superação, um dos livros mais vendidos da época. Marcelo já tinha em sua biografia uma história no mínimo triste para contar, na época da ditadura seu pai que era político, Rubens Paiva, foi preso e nunca mais voltou para casa. Sua família nunca mais o viu, em 1971 o então pai de 5 filhos foi de acordo com outras pessoas que estavam presas como ele, torturado e seu corpo jamais foi encontrado. Pai de 5 filhos , o engenheiro e político causou comoção quando sua esposa lutou por sua busca, Dona Eunice tem uma história de força também, já que sustentou seus filhos sozinha sem poder ter nenhum auxílio do governo que demorou anos para emitir um atestado de óbito.
Por esse motivo, Marcelo além de contar toda sua luta e sua esperança no início de que ainda voltasse à andar , fala de coisas da idade como amigos , namoradas e seu desejo por sexo, mas também toca muito em política e por um PT que ele acreditava ser - como muitos acreditaram  - a solução para um país melhor. 
Escrito em 1982 , o livro que entra em sua nova versão, texto não alterado mas atualizado para a nova reforma ortográfica, traz também uma nova capa pela Editora  Alfaguara ( do grupo Companhia das Letras).
É um livro que marcou gerações, por sua história triste mas envolvente, pelo modo sempre para cima de ver seu estado de Marcelo, pelo boca a boca ter se tornado leitura obrigatória para todas as idades, ainda mais para quem gosta de ler. 
O rapaz que vive, sofre, mas luta e não desiste de ser feliz  e de vencer suas lutas diárias - como se sentar por exemplo e em ter aos poucos de volta o movimento das mãos - nos mostra que nossos problemas as vezes são pequenos perto de obstáculos muito maiores impostos à algumas pessoas. 
Tirando a parte política , o livro me tocou como da primeira vez e fez eu me lembrar porque aos 15 anos o recomendei para todas as minhas amigas, passado os anos, continuo o recomendando. 

5 comentários:

  1. Raffa, também li esse livro super novinha! E ainda lembro de cada detalhe de tanto que me marcou a história do Marcelo. Como você disse, é uma história que nos mostra, como diria a minha mãe, que muitas vezes a gente reclama de boca cheia.

    Li uma história semelhante da L&PM (Além do tempo e mais um dia) e gostei bastante. Se tiver interesse, tem resenha lá no blog (só a capa que eu não gostei NADA).

    Beijos!
    Um Metro e Meio de Livros

    ResponderExcluir
  2. Raffa, também li esse livro super novinha! E ainda lembro de cada detalhe de tanto que me marcou a história do Marcelo. Como você disse, é uma história que nos mostra, como diria a minha mãe, que muitas vezes a gente reclama de boca cheia.

    Li uma história semelhante da L&PM (Além do tempo e mais um dia) e gostei bastante. Se tiver interesse, tem resenha lá no blog (só a capa que eu não gostei NADA).

    Beijos!
    Um Metro e Meio de Livros

    ResponderExcluir
  3. Nossa, eu li esse livro já tem tantos anos que os detalhes é claro, se perderam na memória! Uma capa feinha, simples...rs e como era da Biblioteca Municipal da cidade onde moro, era bem velhinho.
    Mas muita coisa ainda está viva...
    Também me recordo da parte política, chata demais na época e claro, hoje em dia, seria também. Mas o foco do livro era e é a superação. E isso é o que vale!!
    Amei a roupagem nova e realmente, é uma leitura obrigatória, até hoje!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Tinha ouvido falar nesse livro uns anos atrás, quis ler, mas nunca o tive em mãos e acabei esquecendo dele conforme lia outros livros.
    Quem sabe agora eu não leio ^_^
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Já conhecia esse livro,tenho uma amiga que sempre recomenda pra que todo mundo leia,mas ainda não tive essa oportunidade.Já na minha listinha de amigo secreto \o/

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para mim! Me diga o que achou dessa postagem e se quiser que eu visite seu blog, informe o abaixo de sua assinatura ;)