quinta-feira, 11 de abril de 2024

A Paixão Segundo G.H.

 













Título Original: A Paixão Segundo G.H.

Ano: 2018

País: Brasil

Diretor: Luiz Fernando Carvalho

Roteirista: Luiz Fernando Carvalho

Elenco: Maria Fernanda Cândido, Samira Nancassa

Nota: 3,5/5,0

Por Amanda Gomes 


Baseado na obra de CLarice Lispector e ambientado no Rio de Janeiro de 1964, após o fim de uma paixão, G.H., uma consultora de elite, decide arrumar seu apartamento, começando pelo quarto de serviço. No dia anterior, sua empregada doméstica pediu demissão. 


Ao arrumar o quarto, G.H. se depara com uma enorme barata que revela seu próprio horror diante do mundo, reflexo de uma sociedade repleta de preconceitos contra os seres que elegem como subalternos. 



Diante do inseto, G.H. vive sua via-crúcis existencial. A experiência narra a perda de sua identidade e a faz questionar todas as convenções sociais que aprisionam o feminino até os dias de hoje.

Ghostbusters: Apocalipse de Gelo

 












Título no Brasil: Ghostbusters: Apocalipse de Gelo

Título Original: Ghostbusters : Frozen Empire

Ano: 2024

País: Estados Unidos

Diretor:  Gil Kenan

Roteirista: Gil Kenan, Jason Reitman

Elenco: Paul Rudd, Carrie Coon, Finn Wolfhard

Nota: 4/5

Por Amanda Gomes


Diferente das outras críticas, em que eu geralmente começo compartilhando um pouco sobre o que será apresentado na trama, nesta aqui eu preciso fazer uma enorme confissão: eu nunca assisti nenhum filme de “Os Caça-Fantasmas”. E por que eu estou dizendo isso? Porque eu caí nesta nova produção completamente às cegas e sem qualquer referência dos filmes passados.  Contudo, vamos ao que importa. 


“Ghostbusters: Apocalipse de Gelo” tem seu início no já conhecido prédio de tijolos, a famosa estação de bombeiros em Nova York,  é o local onde a nova geração de heróis do cotidiano retoma sua corrida contra os fantasmas. 



Mas agora a família Spengler pretende se unir com os caça-fantasmas originais que desenvolveram um laboratório ultra secreto de pesquisa para levar a caça aos fantasmas a outro nível. No entanto, a descoberta de um artefato antigo libera uma grande força do mal. 

quarta-feira, 10 de abril de 2024

CINEMA É UMA DROGA PESADA | ESTREIA DIA 11 DE ABRIL (Dirigido por Cédric Kahn e apresentado no Festival Varilux 2023 como MAKING OF.)

 

Olá,gente!

Vocês sabem que o cinema francês é uma grande paixão, e que todos os anos eu cubro o Festival Varilux para vocês.

Pois bem, um dos filmes que assisti ano passado, chega finalmente aos nossos cinemas e eu indico para quem curte ver ( ou saber) os bastidores dos filmes e de como seus roteiros são trabalhados.



 

INFORMAÇÕES

Com: Denis Podalydès, Jonathan Cohen, Emmanuelle Bercot, Stefan Crepon

Direção: Cédric Kahn

Distribuição no Brasil: Bonfilm

Sinopse: Simon, um diretor experiente, começa a rodar um filme sobre a luta dos trabalhadores para salvar sua fábrica. Mas nada sai como planejado. Sua produtora deseja reescrever o final, sua equipe entra em greve, sua vida pessoal está em ruínas; e para piorar as coisas, o ator principal é um desagradavel egocêntrico. Joseph, um jovem que deseja entrar na indústria do cinema, aceita dirigir o making of. Ele leva seu papel muito a sério e começa a capturar toda a confusão, provando que o making of pode às vezes ser bem melhor que o próprio filme!
 
Cédric Kahn, diretor
Nascido em Paris, Cédric Kahn iniciou sua carreira como montador em 1987, trabalhando ao lado de Yann Dedet nas filmagens de Sob o Sol de Satã (1987), de Maurice Pialat. Dois anos depois, passou para trás das câmeras para dirigir seu primeiro curta-metragem, Nadir, seguido em 1990 por um segundo intitulado As Últimas Horas do Milênio. No mesmo ano, o jovem cineasta ganhou o prêmio de Melhor Roteiro no Festival Internacional de Cinema e dirigiu seu primeiro longa-metragem, Bar des rails (1992).

Ele apresentou seu longa-metragem, Cheio de Felicidade (1994), que lhe rendeu o Prêmio Jean Vigo e o Prêmio Juventude no Festival de Cannes. O diretor retornou em 1998 com O Tédio, que levou o Prêmio Louis Delluc, e depois produziu Roberto Succo (2001), que relata a vida do serial killer italiano. Três anos depois, lançou Sinais Vermelhos (2004), que lhe rendeu uma indicação ao Festival de Berlim e ao Independent Spirit Awards, na Califórnia.

Em 2005, surpreendeu com O Avião, apresentando uma comovente história infantil. Em 2009, dirigiu Yvan Attal e Valeria Bruni Tedeschi no drama Arrependimentos. No início de 2012, apresentou seu novo filme, A Vida vai Melhorar (2011). Em 2018, lançou A Oração que concorreu ao Urso de Ouro no Festival de Cinema de Berlim. Em 2019, seu filme Feliz Aniversário com Catherine Deneuve, Vincent Macaigne e Emmanuelle Bercot foi lançado com sucesso.
 
Stefan Crepon, convidado do Festival
Nascido em 1996, Stefan Crepon encontrou seu primeiro papel em 2011, participando como ator infantil em dois episódios da série familiar francesa Famille d’accueil. Dedicou-se então aos estudos e em 2020 completou a formação profissional de atuação no renomado Conservatoire National Supérieur d’Art Dramatique (CNSAD) de Paris. Em seu último ano de formação, o ator participou de uma peça dirigida por Alain Françon.

Ainda treinando como ator, Crepon começou a aparecer em seus primeiros filmes. Ele assumiu o papel principal contracenando com Camille Razat, no curta-metragem de Jeanne Sigwalt, L’eau dans les yeux (2017) e em 2018, participou do premiado longa-metragem A Oração, de Cédric Kahn. No mesmo ano, recebeu um papel maior na quarta temporada da série de espionagem Le Bureau des Légendes (2018-2020) transmitida no Canal+.

A partir desses trabalhos, Stefan participou do elenco de Lágrimas de Sal (2020), de Philippe Garrel, Belas Promessas (2021), de Thomas Kruithof; e participou de três episódios da série Lupin (2021), com Omar Sy. Em 2022, a sua atuação em Peter von Kant de François Ozon lhe rendeu uma indicação ao César de Melhor Ator Revelação.



‘Ghostbusters: Apocalipse de Gelo’ estreia amanhã nos cinemas

 

Filme reúne diferentes gerações de Ghostbusters na luta contra um fantasma que ameaça congelar o mundo
 

Créditos: Sony Pictures. 

Prepare-se para uma aventura nos cinemas! ‘Ghostbusters: Apocalipse de Gelo’ estreia amanhã nas telonas do país. Dirigido por Gil Kenan,o novo capítulo da franquia promete elevar a adrenalina dos fãs a níveis congelantes.
 

O filme marca o retorno do elenco original, que vai unir forças com a família Spengler para enfrentar o temível vilão Garraka, um fantasma milenar que ameaça o mundo com uma nova Era do Gelo.

O Espaço de Cinema Cavideo vai ser inaugurado, dia 16 de abril, no Museu da Maré

 image.png


Projeto vai contar com quatro sessões semanais de filmes do acervo da produtora, além de debates e oficina de como realizar e produzir filmes ministrada pelo cineasta Cavi Borges

Com o objetivo de ampliar o acesso dos moradores do Complexo da Maré à arte e à cultura, o “Espaço de Cinema Cavideo” abre as portas, no dia 16 de abril, no Museu da Maré, com programação gratuita que inclui exibições de filmes durante quatro meses (sempre às terças e quintas-feiras e em datas extras a serem anunciadas), debates, e oficinas. Os filmes exibidos serão escolhidos entre os mais de 350 disponíveis do acervo da Cavideo, que nasceu como locadora, em 1997, e hoje é uma produtora de obras audiovisuais dirigida por Cavi Borges. Entre os filmes selecionados, estarão “Cidade de Deus – 10 anos depois”, de Cavi Borges; “Distração de Ivan”, de Gustavo Melo, Cavi Borges; “L.A.P.A”, de Emilio Domingos e Cavi Borges, entre outros. Depois do fim do projeto, em agosto, todo o equipamento adquirido para a abertura do espaço de exibição (projetor, computador, telão e aparelhagem de som) será doado para continuação do trabalho.