terça-feira, 8 de março de 2016

[Menina que ia ao Teatro] Mulheres Á Beira de Um Ataque de Nervos






























Estava procurando uma peça de teatro divertida, e aí logo que entrei no Ingresso.com me deparei com essa, uma adaptação do filme de Pedro Almodóvar e ainda feita por Miguel Falabella, que adoro. Então vi o elenco e tinha Marisa Orth, uma atriz que acho muito engraçada. Tudo ficou convidativo : o local - afinal o charmoso Teatro Oi Casagrande é bem localizado - , o horário já que a peça começava às 17:30 h  tem quase três hora de duração!) e o valor dos ingressos, lá tem ingressos desde 50 reais, sendo 25 a meia-entrada!



















Pepa ( Marisa Orth) é uma atriz de meia idade que ama Ivan ( Juan Alba) que é super mulherengo e ainda dá em cima da ex esposa ( Stella Miranda) com quem tem um filho . Em ritmo de Sai de Baixo ( programa da Tv Globo que tinha Marisa Orth e Miguel Falabella no elenco) a peça tem muitos momentos engraçados, o cenário também ajuda , é rico e colorido e o musical vai tomando formas e fica fácil o espectador se identificar com as falas como por exemplo quando Pepa só consegue pensar no homem que a abandonou após uma noite de amor, e que para seu azar ainda é seu companheiro de dublagem. Aliás, é assim que a peça começa : Pepa acorda e não vê mais seu amado, esse, por sinal some boa parte da peça sempre atrás de um rabo de saia. E aí contribui ainda mais para a excelente Marisa Orth brilhar em cena com sua apaixonada Pepa e seu amor não correspondido por Ivan.
Nessa busca por respostas, ela vai encontrar mais vezes a ex esposa dele do que seu amado , e Stella Miranda participa de uma das cenas mais engraçadas, quando em um tribunal ela dá seu depoimento , o riso é garantido.
Há também o taxista que rouba a cena, a melhor amiga de Pepa que só quer amar e ser amada, e claro um casal mais atrapalhado do que apaixonado composto pelo filho de Ivan e sua noiva.
Passada em Madri na década de 80, a peça não tem objetos que já nos acostumamos a ver como computadores e celulares, e isso me agradou muito, fiel ao roteiro original e ao ano em que se passa, Falabella preferiu não inventar muito , a história é bem parecida e as quase 3 horas de duração da montagem passam bem rápido.




















As fotos estão ruins, porque como toda peça fotos não são permitidas, mas foi o que consegui tirar e mostrar um pouco para vocês.
Super recomendo, é um humor bacana, um musical delicioso e repito : Marisa está perfeita no papel!

4 comentários:

  1. Uma peça do Miguel Falabella com direito a atuação da Marisa Orth não pode em hipótese alguma ser ruim e merece ser vista.Adoro a forma como eles fazem o humor,no estilo mais sarcástico e menos comédia besteirol kkkkkkkkk
    Excelente dica!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Pra começo de conversa, as fotos não ficaram ruins! Adorei todas!!!
    Como não tenho muita opção em teatro aqui na minha cidade, acabo ficando encantada com tudo que vejo pela net.
    Não sou fã da Marisa. Mesmo ela tendo essa veia do humor e tals..acho meio forçado em muitas situações. E nunca consegui gostar do Sai de Baixo(me chame de chata)...mas...
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Parece bem divertida mesmo :)

    Beijos :)

    ResponderExcluir
  4. Também adoro a Marisa Orth, gostei de saber que o Miguel optou por manter o roteiro original da peça, com certeza é bem engraçada, eu adorava Sai de Baixo, se pudesse assistir iria me divertir com certeza! Bjo!

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para mim! Me diga o que achou dessa postagem e se quiser que eu visite seu blog, informe o abaixo de sua assinatura ;)