quarta-feira, 14 de março de 2018

Menina que via Filmes: Tomb Raider - A origem [Crítica]


Título Original:   Tomb Raider
Título no Brasil: Tomb raider - a origem
Data de lançamento 15 de março de 2018 (1h 58min)
Direção: Roar Uthaug
Elenco: Alicia Vikander, Dominic West, Walton Goggins 
Gêneros Aventura, Ação

Nacionalidade EUA


por Reinaldo Barros


Simplesmente incrível! Esse filme vem para consagrar a nova Lara
Croft dos consoles atuais. A escolha de Alicia Vikander para o papel da heroína foi sensacional, pois a atriz consegue brilhar e não fica presa à aparência da personagem apenas (Como nos filmes anteriores). A atuação é maravilhosa e podemos ver ali a mesma heroína da nova versão dos jogos.

Dessa vez a personagem vai em busca de respostas a respeito do desaparecimento do pai. Tais respostas estão presas a um outro mistério sombrio a cerca de uma imperatriz oriental. A aventura, nada arriscada, leva nossa heroína ao outro lado do mundo, longe de tudo aquilo que conhecia e pudesse imaginar.
O filme se passa em dois lugares totalmente distintos, começa no cinza fúnebre londrino (Calma! É por pouco tempo) e depois segue para a verdejante ilha nipônica fora do mapa. Sem perder tempo com baboseiras e outras distrações baratas a história vai ganhando corpo na medida certa.
Vemos o crescimento da personagem conforme a necessidade de cada momento, bem como é feito no jogo atual. Até existem algumas divergências entre o jogo e o filme, mas são perfeitamente contornáveis.

Falando em jogo... para quem jogou o Tomb Raider de 2013 ou a edição definitiva do ano seguinte pode estranhar a ausência de alguns personagens coadjuvantes importantes, no entanto acredito que isso poderia acabar deixando o elenco muito inchado e tirando o foco da heroína. A meu ver foi uma decisão acertada, além do mais o ator Daniel Wu fez um bom papel de suporte da protagonista. Algumas das principais características dos jogos da franquia estão presentes durante todo o filme, entre elas está a resolução de enigmas e a descoberta de passagens secretas, algo bem difícil para uma criança impaciente lá dos anos 2000.
Se você não jogou ainda a nova versão de Tomb Raider não sabe o que está perdendo, porém espere só mais um pouco e assista ao filme primeiro. Um vai ser “spoiler” do outro, isso é fato, entretanto o filme vai te ambientar no novo universo explorado por Lara Croft e também à nova heroína, muito mais combativa, inteligente e habilidosa.
Voltando ao filme, a fotografia merece destaque, pois deu conta de
realçar a beleza de cada cenário apresentado durante toda a aventura. As cenas que contemplam o âmago selvagem da ilha e a praia traiçoeira ficaram lindas e são de encher os olhos. Se puder assistir em 3D, assista!
Vale a pena por conta das cenas dinâmicas de ação.


* Nossos colunistas são voluntários e não recebem qualquer quantia do blog que não tem fins lucrativos.

* A opinião do filme ou das resenhas pertence ao colaborador que se compromete a enviar uma crítica de sua autoria para ser publicada no blog e divulgada nas demais redes sociais.

*Cabine de imprensa à convite da distribuidora.

5 comentários:

  1. Primeira crítica que leio deste filme, que admito que estava com o pé atrás por não trazer Angelina!
    Essa mania boba de associar sempre o personagem ao artista deixa a gente meio cabeca fechada.
    Mas pelo que li acima, a nova Tomb deu conta do recado com maestria e adorei a dica de ver o primeiro filme novamente. Ainda mais que já tem tanto tempo.
    Com certeza, verei!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Olá, Reinaldo

    Adorei sua crítica, amo Tomb Raider, joguei muito no PSP dos meus irmãos kkkk, esse novo jogo para o Playstation ainda não consegui jogar, mas estou bem ansiosa por isso rs

    Que bom que o filme agradou, logo que puder irei assistir :)

    Abs ;)

    ResponderExcluir
  3. Oii!
    Tá aí um filme q eu não tenho um pinguinho de vontade de ver.. na vdd nunca curti, já vi outros filmes mas nunca fui mto de curtir.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Eu tive a chance de ver esse filme na pré estreia em 3D no Imax, e confesso que o 3D não fez a menor diferença. Não gosto de filmes em 3D!!! O filme fica escuro e mais nada! Fora que usar 2 óculos machucam as minhas orelhas e o meu nariz ¬¬
    Tirando isso, o filme é FANTÁSTICO!!! Sai do cinema querendo virar a Lara Croft (principalmente querendo a conta bancária dela...)
    Espero que façam mais filmes dessa franquia ^_^

    Beijos :)

    ResponderExcluir
  5. Eu não conheço os jogos mas quero assistir o filme. Essa L. Croft me agrada mais.

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para mim! Me diga o que achou dessa postagem e se quiser que eu visite seu blog, informe o abaixo de sua assinatura ;)