quinta-feira, 14 de março de 2019

Menina que via Filmes: O Parque dos sonhos [Crítica]



Título Original: Wonder Park
Título no Brasil: O Parque dos sonhos
Data de lançamento 14 de março de 2019 (1h 26min)
Direção: Dylan Brown
Elenco: Lucas Veloso, Rafael Infante, Ken Hudson Campbell 
Gêneros Animação, Comédia , Família
Nacionalidades EUA, Espanha
por Letícia Nascimento

Sinopse:A jovem otimista e sonhadora June encontra escondido na floresta um parque de diversões chamado Wonderland, que é cheio de passeios e animais que falam. O único problema é que o parque está confuso e desorganizado. June logo descobre que o parque veio de sua imaginação e que ela é a única que pode deixar o lugar mágico de novo.



Crítica
Que filme gostoso de assistir! Ele conta a história de June uma menina que pode ser as vezes o  terror de seu bairro mas muito doce e sonhadora.
Ela quer construir o parque dos sonhos,  um local onde todos poderão encontrar  os brinquedos mais legais do mundo  e com muita diversão. A menina conta com a ajuda de sua mãe, que é a maior incentivadora da imaginação de June.
Infelizmente a mãe dela fica doente e tem que ir para longe dela, por medo ela desiste do parque dos sonhos mas, mal sabe que isso teve sérias consequências.
Seu pai preocupado com a filha decide mandá-la para o acampamento para que ela possa brincar com seus amigos mas, June nem chega ao acampamento e aí que a aventura começa.
Esse filme é tão gostoso de assistir, você já começa ele com sorriso no rosto porque ele  traz uma felicidade, o jeito de June e de seus amigos é totalmente divertido e da vida ao filme.
Por ser totalmente apegada sua mãe e elas terem construído o parque dos sonhos juntas, quando sua mãe fica doente ela não consegue mais brincar e ter a alegria de sempre, June sente medo e deixa ele tomar conta de si.
Quando ela chega na floresta e descobre que o parque dos sonhos  é real e que ele corre sério risco de ser destruído por causa da escuridão  que tomou conta dele, ela se sente totalmente culpada por aquilo e decide salvar o parque dos sonhos com a ajuda de seus amigos.
E aí começa a aventura e mostra que cada um é essencial para o parque funcionar, e que juntos eles podem lutar para salvar o parque e trazer à luz de volta.
O longa com certeza é para ser visto com a família, amigos porque ele ensina lições importantes de amizade amor e companheirismo.
June  tem uma alegria dentro de si e sempre procura um jeito de poder dividir as coisas com sua família, amigos e pessoas do seu bairro e mostra que ela é importante porque ela leva alegria para todos.
A história desse filme casa muito bem com sua animação, cores e  é tudo muito bem feito que nossos olhos chegam a brilhar.
Eu não vou dar spoiler porque vocês têm que assistir essa animação e levar os amigos nem preciso dizer que a trilha sonora dele está maravilhosa.
Por favor assistam e me contem o que acharam.



3 comentários:

  1. Como fã de animações, este é com certeza, um dos filmes mais aguardados por mim(e pela torcida do Flamengo né?)
    Amo isso das cores vibrantes, alegria, animais e amizade.
    Com toda a certeza do mundo, verei e o quanto antes!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Letícia!
    Vi ontem um trailer desse filme e já fiquei rindo sozinha e com muuuuuita vontade de assistir até na hora, mas sabe como é né? Ainda está no cinema e levar maridão para assistir filme infantil no cinema, é uma Missão Impossível...kkkkk
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  3. Deve ser bem divertido para as crianças, até eu fiquei um pouco curiosa kkkk

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para mim! Me diga o que achou dessa postagem e se quiser que eu visite seu blog, informe o abaixo de sua assinatura ;)