sábado, 27 de julho de 2019

Menina que via Filmes: O Filho Protegido [Crítica]


🎬🎬🎬🎬🎬 Título Original: El Hijo Título no Brasil: O filho Protegido Ano: 2019 País: Argentina Formato visto: Netflix Direção: Sebástian Schindel Elenco: Joaquín Furriel, Martina Gusman, Luciano Cáceres, Heidi Toni Duração: 1h32min
#180

11 comentários:

  1. Muitos sites que frequento diariamente sobre cinema praticamente excomungaram este filme. Agora estou aqui numa dúvida enorme,se vejo ou não. Mas amanhã devo me arrisca, aí comento lá no canal!!!
    Confio no seu bom gosto!!!!!rs
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Tenho percebido que filmes argentinos costumam ser muito bons.
    Eu não assisti O Bebê de Rosemary, então não tenho como comparar. Mas vi que parece ser um thriller psicológico.
    Gostei desse enredo todo e já coloquei na minha listinha da Netflix. Vou assistir hoje mesmo.

    ResponderExcluir
  3. Muito ver indicações da Netflix, o acesso fica bem mais fácil!! Minha lista só cresce, mas um dia vejo todos kkkkk

    ResponderExcluir
  4. Fui lá de teimosa seguindo suas indicações e oh, admito que foi um filme que me segurou até o final. Estava com os dois pés lá atrás, pois todo mundo criticou demais o filme, mas não é ruim não. Há falhas?? Demais! A morte do doido(aliás, gosto demais do ator por uma série que assisto, O Jardim de Bronze), as crianças ali, sendo apenas uma amada(pelo que entendi) e o final em aberto.
    Mas valeu o pouco mais de uma hora e meia gasta sim!!!
    Obrigada!rs
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que raiva gente desse final que a gente não fica sabendo o que aconteceu. Filme maravilhoso. Mas alguém ao menos me dê dicas do que se sugere pra o fim.

      Excluir
    2. Oi...
      Realmente ficou "vago" o final...
      Mas juntando algumas peças. O que conclui foi que a mãe da criança, a biólogo fez uma clonagem. No inicio do filme é dito que ela está tentando ter filho e que está realizando um estudo em sua área científica. Quando Lorenzo vai ao laboratório para estancar o ferimento de sua mãe, ele vê livros sobre Embriologia Humana e alguns Raios-X da própria gestação dela. Outro ponto que me chamou atenção, foi quando ela disse ao médico que já havia abortado uma vez, e que tinha um problema de coagulação e precisava ser medicada. O médico então não receitou a medicação.... Entendi que o casamento dela foi mais uma tentativa de experimento tbm.

      Excluir
  5. Oiii ❤ Nunca tinha ouvido falar desse filme, mas achei a trama bem curiosa.
    Achei estranho a mulher do Lorenzo mudar depois da gravidez, super errado ela não querer ver médicos e se auto medicar.
    Estou curiosa agora pra saber se a criança é do Lorenzo ou não. Não gostei que o protagonista seja um tanto agressivo.
    Fico feliz que o fim seja fechado, já que não sou muito fã de finais abertos.
    Talvez eu assista, já que o filme parece bom, mas ainda tenho dúvidas já que esse não é bem o tipo de filme que gosto de assistir.
    Beijos ❤

    ResponderExcluir
  6. Olá! Já vi algumas produções argentinas e gostei bastante, mas ainda não conhecia esse filme. Achei interessante a premissa do filme, agora fiquei curiosa para assisti-lo e descobrir se a criança é ou não filho do Lorenzo.
    Gostei de saber que a fotografia e as atuações são boas.
    Vou adicionar o filme na minha lista de filmes que quero assistir. Obrigada pela indicação!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Muito ruim. Só fui até o final pra ver se melhorava
    Nota zero

    ResponderExcluir
  8. Que final sem sentido. Vc acompanha o filme até o fim pensando q no final suas dúvidas a respeito da gravidez sejam dissipadas e nao acontece nada.
    É o típico filme vindo de lugar nenhum e voltando para lugar nenhum.
    Muito ruim!!!

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para mim! Me diga o que achou dessa postagem e se quiser que eu visite seu blog, informe o abaixo de sua assinatura ;)