sábado, 9 de janeiro de 2021

Dicas de dois filmes da Netflix : Ava e O céu da meia-noite

 

Aqui é a Luciana Machado de volta com mais algumas dicas do que assistir na Netflix. E aproveito para desejar um ótimo 2021 para todos vocês.















Ava

Lançamento: 1 de dezembro de 2020 na Netflix

Duração: 1h 36min

Gênero: Ação, Drama, Suspense

Direção: Tate Taylor

Elenco: Jessica Chastain, John Malkovich, Common

Nacionalidade: EUA

Ano de produção: 2020

Tipo de filme: longa-metragem

Idiomas: Inglês, Francês, Alemão

Não recomendado para menores de 16 anos

Sinopse: Ava é uma assassina profissional que trabalha há anos para uma organização especializada em operações governamentais secretas. Sua rotina consiste em viajar ao redor do mundo realizando execuções de forma sutil e objetiva. Quando uma missão acaba de maneira completamente fora do esperado, ela é forçada a lutar pela própria sobrevivência.










Ava (Jessica Chastain - Perdido em Marte, A Colina Escarlate, X-Men: Fênix Negra) é uma das melhores assassinas de uma organização secreta, só que ela enfrenta alguns problemas pessoais para cumprir com o seu serviço, ela começa a perguntar o que não deveria, e isso irrita a chefia. Ao mesmo tempo ela tenta se reaproximar da família que ela não via há anos, por motivos anteriores ao trabalho dela. Temos um resumo do que fez ela entrar para o exército, e no meio do filme descobrimos os detalhes, não mencionarei para não dar spoilers. Ela tem uma relação muito próxima com Duke (John Malkovich - O Libertino, A Era da Escuridão, Meu Namorado é um Zumbi), que a recrutou para trabalhar como assassina profissional. Tem o Simon (Colin Farrell - Alexandre, O Novo Mundo, Animais Fantásticos e Onde Habitam), que fará a vida conturbada de Ava ainda mais difícil!

Eu vi algumas semelhanças com John Wick, ela tendo que se proteger das pessoas da organização para continuar vivendo. Rola essa tensão desde o começo quando aprendemos o histórico dela, mas é uma correria pela sobrevivência até o final, assim como nos filmes do John Wick. Vi gente reclamando que o filme não faz sentido, que tem furos, etc... Mas vários filmes de ação com protagonistas homens são bem ruins e são aclamados pelas pessoas (acredito que a maioria sejam homens babando ovo de homens). Enfim, eu adorei, me prendeu do início ao fim, eu fiquei o tempo todo pensando que era um filme assim que eu gostaria de ver sendo protagonizado por uma mulher. Dava para ser melhor? Sempre dá, mas eu fiquei satisfeita e querendo continuação da história, pois termina com um gancho no final. Netflix, por favor, pelo menos conclui o que começou! As cenas de lutas e a fotografia são muito boas. Deem uma chance para este filme se você gosta de filmes de ação.





O Céu da Meia-Noite

Título original: The Midnight Sky

Lançamento:23 de dezembro de 2020 na Netflix

Duração: 2h 02min

Gênero: Drama, Ficção científica

Direção: George Clooney

Elenco: George Clooney, Felicity Jones, David Oyelowo

Nacionalidade: EUA

Ano de produção: 2020

Tipo de filme: longa-metragem

Idiomas: Inglês

Não recomendado para menores de 14 anos














Sinopse: O Céu da Meia-Noite acompanha Augustine, um solitário cientista no Ártico que tenta impedir que Sully e seus colegas astronautas voltem para casa em meio a uma misteriosa catástrofe mundial.














Augustine (George Clooney - Queime Depois de Ler, Tomorrowland: Um Lugar Onde Nada é Impossível, Ave, César!) é um cientista que fica numa base no ártico tentando contato com outras bases ou naves. Ele vê que a nave Aether é a única sobrevivente, e tenta desesperadamente avisar os astronautas Sully (Felicity Jones - A Teoria de Tudo, Sete Minutos Depois da Meia-Noite, Rogue One: Uma História Star Wars), Adewole (David Oyelowo - Um Reino Unido, Rainha de Katwe, Correndo Contra o Tempo), Mitchell (Kyle Chandler - Carol, O Primeiro Homem, Godzilla II: Rei dos Monstros), Sanchez ( Demián Bichir - Os Oito Odiados, A Freira, O Grito) e Maya (Tiffany Boone - Dezesseis Luas, séries: The Following e Hunters) para não voltarem à Terra. Quando ele se depara com uma menina chamada Iris (Caoilinn Springall), que o acompanha até o fim de sua jornada.

 Devo admitir que é um filme com um ritmo lento, tem alguns clichês, mas gostei mesmo assim. As atuações são muito boas e a fotografia é linda. Eu queria que tivessem falado um pouco mais sobre o que aconteceu com o planeta e também que tivessem mostrado um pouco mais sobre a lua de Júpiter que os astronautas foram investigar. Acho que vale a pena assistir quem gosta de ficção científica.


2 comentários:

  1. Feliz Ano Novo, Luciana!!
    Esse ano vou tentar ver mais filmes, vi pouquíssimos no ano passado, e já vou adicionar Ava na lista, fiquei interessada

    ResponderExcluir
  2. Eu vi Ava e confesso que não entendi as críticas negativas(ao menos nos sites de cinema que passo) Eu simplesmente adorei o filme e como fã de ação, fiquei bem feliz!
    O Céu da Meia Noite está sendo muito criticado negativamente também. Eu amo o trabalho de Clooney, por isso, vou dar uma chance a ele, mesmo sendo assim, paradinho rs
    Beijo

    Angela Cunha

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para mim! Me diga o que achou dessa postagem e se quiser que eu visite seu blog, informe o abaixo de sua assinatura ;)