quinta-feira, 15 de junho de 2017

Menina que via Filmes: A Múmia [Crítica]

Título Original: The Mummy
Título no Brasil: A Múmia
Data de lançamento 8 de junho de 2017 (1h 51min)
Direção: Alex Kurtzman
Elenco: Tom Cruise, Sofia Boutella, Annabelle Wallis mais
Gêneros Fantasia, Aventura, Terror
Nacionalidade EUA
#71assistido #72criticado




Não saia de casa achando que verá um filme maravilhoso, esqueça que a história é mais do mesmo, que o filme tem o mesmo nome - nunca entendo porque fazem isso - que o excelente homônimo interpretado por Brenda Fraser.
Dessa vez o longa tem o galã Tom Cruise que parece mesmo viver em um sarcófago pois o tempo não passa para ele, como Nik Morton - eu confesso que não entendi o que ele era nesse filme, ele atendia ordens de um militar, então devia ser um - ele está no Egito no meio de escavações e acabou de passar a noite com a bela Jenny ( Anabelle Wallis), ela sim uma antropóloga que entende o valor do que encontraram. Em luta constante o filme todo mas parecendo aqueles casais teens que implicam um com outro para mostrar que se amam, os dois vão descobrir tumbas com múmias e com uma história bizarra por trás. Aqui já peço desculpas porque não entendo de História a fundo para citar que período se passa o que encontraram, , mas o que temos certeza é de que tem uma mulher múmia que parece  a Regan do O Exorcista, interpretada por Sofia Boutella.
 Dali para frente apesar da monstrinha ser uma mulher o filme repete o que já vimos em outros, eles vão acordá-la e se arrependerem claro, mas ela está disposta a ter o que precisa  - estar no corpo de um homem!- para voltar com tudo.
Tem ação? Muita! Mas o roteiro é fraquinho e a presença de Tom Cruise é aquele presente para os fãs, em ótima forma e ainda arrancando suspiros ele faz o dever de casa. 
Para completar temos Russel Crowe como Jekyll um homem que se transforma se não tomar seus medicamentos, dá medo a cena que ele luta com Tom Cruise. Uma espécie de O Gladiador x Top Gun versão 2017.
Vale a pena ser visto, mas nem de longe vai ficar na memória como um dos melhores do ano. 

7 comentários:

  1. Achei fraquinho, e não sei se vai vingar esse Dark Universe...

    Beijos ^_^

    ResponderExcluir
  2. Vish
    Já pelo nome não me chamou atenção e depois dessa crítica...
    Confesso que não é meu tipo de filme, não me interesso pelo gênero.
    ..
    bjus

    ResponderExcluir
  3. A não assisti ainda mas não sei se terá alguma graça como nos filmes anteriores, mas acho que darei alguma chance só não sei quando vou assistir.
    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  4. Oi Raffa!
    Eu imaginei que teria alguns problemas com o filme. Principalmente pelo fato de ter Tom Cruise estrelando, e talvez possa perder um pouco da autenticidade e do objetivo final. Confesso que não vou ver :/

    Beijos!
    Paulinha C.
    naoleia.com

    ResponderExcluir
  5. Raffa!
    Só em ter o #tudodebom Tom Cruise e o #tudodemelhor Russel Crowe, já vale a pena poder assistir o filme.
    Mesmo que seja mais do mesmo, gosto dos filmes do gênero e como assisti todos os outros, não posso deixar de assistir esse também.
    Bom final de semana!
    “Saber envelhecer é a grande sabedoria da vida.” (Henri Amiel)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JUNHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. OI Raffa...Já não gosto da Múmia mesmo.. então nem vou perder meu tempo...
    Valeu pela dica.

    ResponderExcluir
  7. Oi Rafa ;)
    Adoro o filme com o Brendan Fraser, mas pelo visto esse é uma decepção mesmo... perdi foi a vontade de ir ao cinema ver!
    Mesmo colocando o Tom Cruise, não parece que é essas coisas todas :/
    Mas acho que vou ver e tirar minhas próprias conclusões.
    Bjos

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para mim! Me diga o que achou dessa postagem e se quiser que eu visite seu blog, informe o abaixo de sua assinatura ;)