terça-feira, 20 de junho de 2017

Menina que via Filmes: Paris Pode Esperar [Crítica]

Título Original: Paris Can Wait
Título no Brasil: Paris Pode Esperar
Data de lançamento 8 de junho de 2017 (1h 33min)
Direção: Eleanor Coppola
Elenco: Diane Lane, Arnaud Viard, Alec Baldwin mais
Gêneros Comédia , Romance
Nacionalidade EUA
#73assistido #74criticado





 Certamente você já deve ter percebido pela avaliação aí de cima que esse filme não foi nada prazeroso de assistir. E faço questão de enumerar todas as razões. E sim, pode ser que tenha spoilers, então de você ainda não assistiu ou se incomoda com spoilers pule essa postagem.
Avisado isso vamos à sinopse: Anne ( Diane Lane) é casada há 20 anos com Michael ( Alec Baldwin), um importante produtor de teatro cujo celular não para de chamar nem por um minuto. 
O filme já começa com ela tentando falar com ele e o celular dele os interrompendo, é bem óbvio para o espectador que apesar de a tratar com carinho falta um momento a sós do casal, onde de nenhuma forma uma ligação ou outros compromissos profissionais possa incomodá-los.
Prontos para deixarem Cannes e irem de jatinho para Budapeste, um amigo do casal chamado Jacques ( Arnaud Viard), ele sim francês, percebe o quanto a esposa precisa de mais atenção e até mesmo lhe entrega remédios para sua constante dor de ouvido.
 Algumas coisas não se encaixam muito bem, a esposa decide não entrar no jatinho por causa dos ouvidos, o marido então parte só, ela chata para caramba com suas fotos ainda tira foto do momento, com uma câmera bem simples. Jacques é o gradne culpado, ele parece ter amado o momento a sós com a esposa do amigo, e como ele é feio e insuportável não sei da onde a esposa do Copolla - o filme tem direção da esposa dele- tirou que seria bacana colocar em 2 horas de longa uma mulher que não tem motivos para trair o marido, e mesmo que os tivesse o correto seria se separarem, certo?
Mas não...temos um filme bem chato sobre lugares lindos até Paris, inúmeras cenas de comida onde entendemos bem qual seria o prato principal desejado de Jacques e ficamos indignados quando ele fala mal do marido claramente para que a esposa aceite suas investidas.
Faltam razões, falta carisma do francês, afinal comparar um ator que não é bonito a Alec Baldwin só encantara o público se ele fosse tudo que o marido não era. Exemplos? Se um marido agride a esposa, a trai...fica fácil ficar do lado do "amante" e torcer para que fiquem juntos.  
 A questão é que não fica claro para quem assiste que as histórias de Jacques sobre Michael são de fato verdadeiras. E para piorar sua empatia ele tem mistérios a cada parada, nunca tem cartão para pagar a conta e ainda dorme com uma mulher a cada cidade que visitam. Como torcer para um  ser desses, me ensina?
Filme fraco, mal aproveitamento de atores bons como Baldwin e Diane Lane, a única coisa que vale a pena são os cenários. Quando achamos que o final irá se salvar termina da forma mais ridícula que alguém poderia ter inventado.
De resto, assistam no Netflix, não vale a pena mesmo pagar entrada para assistir isso.

7 comentários:

  1. Vish 😒
    Que pena que você não gostou!
    Não conhecia o filme e depois disso nem vou assistir !!
    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Nossa, vou ficar longe desse filme então...

    Beijos ^_^

    ResponderExcluir
  3. Oi Raffa ;)
    Não conhecia o filme ainda, mas que pena que você não gostou de assisti-lo :/
    Não gosto muitos de filme que abordam a traição assim, acho que se fosse ver seria apenas para ver mesmo as paisagens lindas de Paris S2
    Bjos

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia o filme mas também depois de ter conhecido mais já prova que não é bom mesmo e ainda abordando traição ainda não acho nada de legal.
    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  5. Raffa!
    Apesar de amar os atores principais, a temática do filme nada me agrada, porque não gosto de traições, ainda mais sem motivo algum...
    Nem tenho interesse de assistir.
    “Será que você vai saber o quanto penso em você com o meu coração?” (Renato Russo)
    Cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  6. Obrigada. Vou pensar bem longe kkkk Que cara mais mala!!!!

    ResponderExcluir
  7. Raffa...
    não me chamou a atenção....não sou fã de traições gratuitas..

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para mim! Me diga o que achou dessa postagem e se quiser que eu visite seu blog, informe o abaixo de sua assinatura ;)