domingo, 11 de junho de 2017

[Resenha] Irmãos de Sangue @editoraarqueiro

Título Original: Blood Brothers 
Título no Brasil: Irmãos de Sangue- Trilogia a Sina do Sete - Volume 1
Autora: Nora Roberts
Editora Arqueiro
Número de págs: 284
#86




Este é o primeiro livro na trilogia da Sina do Sete de Nora Roberts. Se vocês acompanham o blog sabem que não li muitos livros da autora, acho que no máximo 5, comparado com a quantidade de livros que ela publica são muito poucos. No entanto nenhum dos que li eram de terror, pelo contrário, eram romances sem nada de sobrenatural. O enredo já me chamou de atenção por ser de  terror: um trio de meninos, todos nascidos em 7 de julho de 1977, fazem um pacto de sangue em seu décimo aniversário em uma pedra, um local assustador e amaldiçoado  no meio de uma floresta . Todos os sete anos depois disso, coisas terríveis acontecem em torno de 7 de julho.
Com a ajuda de um repórter paranormal que veio à cidade para investigar, os meninos que agora são homens de 30 anos.
A história está escrita em ponto de vista de terceira pessoa, mas altera as perspectivas para combinar cada personagem. Esta era uma das minhas qualidades favoritas do livro. Ao contar a história através da perspectiva dos meninos de dez anos, Roberts usa a linguagem que os jovens de dez anos usariam quando não estão sob a supervisão de seus pais.
É um livro de Nora Roberts, então sim, há romance. Ao longo do romance, os três caras conhecem uma garota que parece predestinada, como eles, ao mistério da maldição. Estão no inverno, mas os eventos assustadores não parecem estar aguardando julho desta vez e lembrem-se que não se passa no Brasil então seria no verão que as coisas bizarras acontecem, e todos os seis estão envolvidos. Em um ponto, os seis  estão presos na mesma casa juntos durante uma tempestade de neve. E, no entanto, nenhuma das situações já parecia superada. A única coisa que me incomodou sobre o livro - e aqui estou revelando ao mundo que eu sou o oposto total de uma menina fofinha - é toda a mania de se falar  de flores. Descrições de flores, caras comprando flores para meninas, garotas recebendo  flores. Adoro receber flores mas tenho um sério problema com elas morrerem, então ao mesmo tempo que acho lindo, também acho extremamente triste.
Mas sim, além disso, gostei do livro. A trama está bem no meu estilo de leitura, como escreve essa mulher. À medida que o mistério começa a revelar-se, percebemos que a cada sete anos, uma força parece assumir os residentes e os animais da cidade, fazendo com que eles façam coisas que nunca fariam: ataques insanos por exemplo. Após a "Semana do inferno" acabar os moradores retornam às suas vidas regularmente , muitas vezes inconscientes de que alguma coisa aconteceu naquele lugar. Os moradores que percebem muitas vezes se afastam. Os seis heróis da história fazem uma pesquisa pesada para saber que eles são todos - de certa forma - relacionados distantemente com o que parece ser um velho demônio que assumiu uma pessoa no século XVII. Há momentos no livro quando o demônio (ou seja o que for, como devemos esperar até o final do terceiro livro para ver como as coisas terminam) aparece, e esses momentos são assustadores e perfeitos para que meu lado macabrinho saia de mim e vibre com a história Em uma cena, o demônio se manifesta como um terror gigante de vermes que somente os seis escolhidos podem ver.
Se você gosta de ter medo, com um romance na medida, então este é o livro para você.

8 comentários:

  1. Olá Raffa ;)
    Adoro a escrita da Maya, e gostei muito da resenha... com certeza irei ler a trilogia.
    Adorei essa premissa do pacto de sangue, e que bom saber que o livro mostra o ponto de vista de cada personagem.
    Acho que nunca li um livro que mistura tanto terror com romance, mas adorei essa ideia!
    Obrigada pela indicação!
    Bjos

    ResponderExcluir
  2. Bom dia!
    A Nora é uma escritora elogiadíssima no universo literário, sempre vejo resenhas positivas de seus livros, mas nunca li nada dela. Não por falta de interesse, mas sim de oportunidades, rs.
    Fiquei bastante curioso com essa sua obra por se tratar de uma história com mais terror do que romance.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Só li um livro da autora e foi romance kkkkk ok, mas que loucura hein não sabia que ela tinha tanto talento para terror adorei isso.
    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  4. Raffa!
    Além de gostar de romance e de terror, amo os livros da Nora, já li um pouco mais que você, talvez uns 20 e sempre me encanto com a forma que ela insere um determinado assunto e no final, tudo acaba em romance, acho encantador.
    Desejo uma ótima semana e um feliz dia dos namorados!
    “Onde há estudo - há sabedoria.” (Textos Judaicos)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE JUNHO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  5. Esse já tenho,chegou essa semana e será minha próxima leitura!!!!!
    Embora terroor não seja meu tipo preferido de leitura, vou encarar por se tratar de um romance da NOra Roberts.
    Bj

    ResponderExcluir
  6. Ainda não li nada dela, são tantos livros que nem sei por onde começar...
    Esse me interessou bastante ^_^

    Beijos :)

    ResponderExcluir
  7. Raffa!!
    Já li muitos livros da Nora Roberts, senão centenas. E já me considero fã de carteirinha!! Essa mulher é uma máquina de escrever hahaha.

    Ainda não li esse, mas lerei e sei que vou me apaixonar como todos os outros.

    Já leu a série Mortal? se não, super recomendo!
    bjus

    ResponderExcluir
  8. Eu gosto dos livros da Nora, mas nunca tinha visto nada d terror dela. Vou ler com certeza. Ah... e eu odeio ganhar flores,justamente pq acho idiota a idéia d q elas vão morrer logo. Prefiro ganhar em vaso...

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para mim! Me diga o que achou dessa postagem e se quiser que eu visite seu blog, informe o abaixo de sua assinatura ;)