sexta-feira, 6 de outubro de 2017

[Festival do Rio] O Formidável [Crítica]

Título Original: The Redoutable
Título no Brasil: O Formidável
Data de lançamento 26 de outubro de 2017 (1h 47min)
Direção: Michel Hazanavicius
Elenco: Louis Garrel, Stacy Martin, Bérénice Bejo mais
Gêneros Biografia, Comédia
Nacionalidade França
 





  por Bianca Silveira
Formidável! É assim que pode ser classificado esse filme, com o seu próprio título. O Formidável ou Le Redoutable no título original é um filme que conta um pouco da história de Jean Luc Godard, um dos pioneiros da Nouvelle Vague. O filme é dirigido por Michel Hazanivicus, vencedor do Oscar de melhor diretor de 2012 com o filme O Artista, que levou a estatueta de melhor filme daquele ano.
Baseado no livro “Un na après” (Um ano depois) de Anne Wiazemsky, esposa de Godard, o filme retrata o diretor franco-suíço sob a perspectiva de sua companheira, mostrando um Godard antipático, irritante e também atrapalhado que resultam em cenas cômicas exatamente por essas características. O longa começa na época em que os dois se apaixonaram, exatamente durante as gravações de “A Chinesa” e depois segue pelo período de crise política na França, onde Godard assume uma postura revolucionária dentro e fora da sétima arte. É justamente nesse novo estágio da vida do diretor que seu casamento começa a ruir e algumas características como a grosseria e o machismo ficam mais evidentes.

Apesar de evidenciar os defeitos de uma das lendas do cinema francês o filme não pode ser considerado uma afronta. Muito pelo contrário, esse filme retrata um homem, comum como todos os outros, de carne e osso, mas que fez sim excelentes filmes, moldou novas linguagens. E mais uma vez o diretor Michel Hazanivicus fez um ótimo trabalho, pois conseguiu mesclar a sua própria linguagem a do lendário Godard cirando assim um belo filme para amantes do cinema. 

* Esse filme foi assistido pela Bianca Silveira na cabine de imprensa do Festival do Rio, agradecimentos pelo convite.

2 comentários:

  1. Bianca!
    Não sei se assistiria não viu?
    Apesar de todos os prêmios e da isualização alta do autor e diretor, não é um filme que faz muito minha cabeça não...
    Desejo uma ótima semana produtiva!
    “Saber quando se deve esperar é o grande segredo do sucesso.” (Xavier Maistre)
    Cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA DE OUTUBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

    ResponderExcluir
  2. Oi Bianca.
    Que interessante a proposta do livro. Bem pontuado, homens são feitos de carne e osso e estão sujeitos a todas as mudanças, mesmo elas sendo ruins.
    Fiquei curiosa.
    Beijos

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para mim! Me diga o que achou dessa postagem e se quiser que eu visite seu blog, informe o abaixo de sua assinatura ;)