quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

Séries que amamos: White Christmas- Black Mirror - 2ª Temporada - Especial de Natal



















Título Original: White Christmas
4º Episódio da 2ª temporada 
Direção Carl Tibbetts
Escrito por Charlie Brooker
Duração 74 minutos
Uma produção Netflix
Exibição original 16 de dezembro de 2014
Convidados
Jon Hamm como Matt Trent
Rafe Spall como Joe Potter
Oona Chaplin como Greta
Natalia Tena como Jennifer
Janet Montgomery como Bethany Grey
Rasmus Hardiker como Harry
Zahra Ahmadi como Gita
Robin Weaver como Holder
Dan Li como Tim
Verity Marshall como Amy
Ken Drury como Gordon
Ian Keir Attard como Dawson

Esther Smith como Madge

por Raffa Fustagno

Certamente um dos melhores episódios de Black Mirror, lançado como um episódio especial de Natal, ele é dividido em 3 partes. 
Em um lugar coberto de neve, dois homens parecem ilhados, e aparentam trabalharem juntos. Um deles, Matt ( Jon Hamm) puxa assunto com o outro que é o Joe ( Rafe Spall), um homem bem calado que de acordo com o primeiro mesmo depois de 1 ano trabalhando juntos não fala quase nada com ele. Puxando assunto ele começa a contar a vida dele, e Joe continua só ouvindo, então o episódio divide-se aí nas 3 etapas.  
Na parte 1 o episódio é ambientado em um mundo onde as pessoas podem acessar a Internet através de um dispositivo de realidade aumentada irremovível implantado em seus olhos, chamado "Z-Eye", que permite que a imagem visual do sujeito possa ser vista remotamente através de um computador e permite comunicação de voz para ambos. Um mesmo personagem vai aparecer nas 3 partes e ele é parte crucial para entendimento da trama, Matt ( Jon Hamm, famoso por Mad Men)  era um treinador de relacionamentos e ensinava técnicas de sedução para homens solteiros que lutavam para atrair mulheres. Ele guia um de seus clientes, o tímido e socialmente desajeitado Harry (Rasmus Hardiker), para ir até uma festa de Natal em um escritório e se comunica com ele através do Z-Eye. A discussão virtual torna-se uma chamada de grupo envolvendo outros homens solteiros, expressando suas opiniões e sugestões. Matt recolhe informações de mídias sociais das pessoas que estão na festa, e Harry tenta convencer um dos convidados de que eles se conhecem (devido ao fato dele estar de penetra na festa), e então decide tentar se unir a Jennifer (Natalia Tena), uma "estranha moça atraente" que não participa das conversas em grupo.
Só que o final não vai ser nada legal o que ocasionará em Matt perdendo não somente seu emprego mas sua família, já que existe uma técnica onde a esposa consegue bloquear o cara para sempre, assim ele só vê uma imagem pixelada dela e de sua filha. 
Na parte 2 Greta ( Ooana Chaplin, atriz espanhola que é neta de Chales Chaplin) é uma mulher bem metida que se interna em uma clínica e vai acordar dentro de "um ovo" como se ela tivesse sido clonada e enganada, Matt é o cara que trabalha para fazer com que ela seja menos mandona, o trabalho dele não é nada legal e reação dela será péssima.
Na parte 3 é a vez de Joe contar porque foi parar ali, voltando ao seu passado ele recorda que já foi casado e feliz, mas que no dia que sua esposa engravidou tudo mudou. Ela não queria ter o filho e ele queria, ela então o bloqueia e ele passa  a vida tentando vê-la ou saber se ela teve ou não a filha deles.
O resultado é bem revelador, o motivo dela não querer é revelado e se a gente achava que isso já era o máximo de suspense é porque não tínhamos visto o final, quando a verdade - sim, não encontro outra palavra - sobre o encontro de Joe e Matt vem à tona.
Sensacional e mesmo assim ainda acho que estou sendo péssima com palavras, repito, um dos melhores episódios da série.

5 comentários:

  1. Acabei vendo Black num fôlego só recentemente. Assisti as quatro temporadas e acabei terminando elas, com aquele ar de pessoa feliz.
    Todos os episódios tem uma pegada forte, um beliscão dolorido em nós mesmos, em relação a tecnologia, modernidade e novos tempos.
    Todos deveriam ver esta série!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Oii!
    Não conhecia e já curti, vou procurar saber mais sobre ele tentar acompanhar.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Eu não gostei tanto da segunda temporada, mas acho que esse episódio foi o que mais me interessou por causa do final.
    To quase terminando a quarta temporada ^_^

    Beijos :)

    ResponderExcluir
  4. O site da netflix sempre mostra essa série como uma das mais assistidas, porém confesso que nunca senti interesse em assistir. No entanto vendo sua descrição sobre esses episódios especiais de natal, onde houve muito mistério, e encontros de arrancar o coração do telespectador, foi até capaz de me despertar certa curiosidade, por esta razão pretendo sim dar uma chance.

    Venha participar do Top Comentarista e concorra o livro "O Maravilhoso Bistrô Francês": http://petalasdeliberdade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Raffa!
    Tô vendo aqui para ver se Manoel dá uma brechinha na Netflix para eu poder assistir, tá difícil, viu? Só larga de madrugada e daí, já tô com sono, mas vou ver se consigo assistir, porque parece ótima!
    “Acredite na justiça, mas não a que emana dos demais e sim na tua própria.” (Código Samurai)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA FEVEREIRO: 3 livros + vários kits, 5 ganhadores, participem!
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para mim! Me diga o que achou dessa postagem e se quiser que eu visite seu blog, informe o abaixo de sua assinatura ;)