sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Menina que via Filmes: Deserto [Crítica]

Título Original: Desierto
Título no Brasil: Deserto
Data de lançamento 2 de novembro de 2017 (1h 28min)
Direção: Jonás Cuarón
Elenco: Gael García Bernal, Jeffrey Dean Morgan, Alondra Hidalgo mais
Gênero Suspense
Nacionalidades México, França













por Bianca Silveira

Dirigido por Jonás Cuarón filho de Alfonso Cuarón Deserto retrata um tema bastante atual, visto que o presidente americano em exercício promete desde sua candidatura à presidência construir um muro entre os Estados Unidos e o México para impedir a imigração ilegal. O filme conta a história de um grupo de imigrantes mexicanos tentando atravessar a fronteira com os Estados Unidos ilegalmente pelo deserto com a “ajuda” dos coiotes.

Como em toda travessia tudo vai bem até o momento em que são largados ou presos. Nesse caso a caminhonete onde estão escondidos quebra no meio do caminho e estes sofridos sonhadores são obrigados a irem a pé. Já não bastasse eles enfrentarem o calor escaldante durante a travessia eles são surpreendidos por um lunático americano chamado Sam (Sim, o tio) e interpretado pelo maravilhoso Jeffrey Dean Morgan (O Negan de The Walking Dead) que resolve matar um a um.
Nesse grupo está Moisés (Se ligou no lance dos nomes, né?), interpretado pelo também maravilhoso Gael Garcia Bernal, na pele de um mexicano disposto atravessar a fronteira para reencontrar a sua família nos Estados Unidos.
Um filme tenso do início ao fim, basicamente consiste numa caçada de gato e rato, na oposição entre o bem e o mal, entre prazer e dor. A violência é bem explorada, o sofrimento dos abatidos pelo serial killer xenófobo é visto não só nas expressões de sofrimento, mas também no sangue jorrando das perfurações dos tiros.

Apesar da ótima oportunidade são pouquíssimos os momentos nos quais se fazem uma crítica à xenofobia americana ao mostrar um personagem caçando pessoas como se fossem animais e conversando com seu melhor amigo, o farejador de latinos. Em um momento de descanso da caçada ficamos conhecendo um pouco dos personagens e suas motivações para enfrentarem tanto perigo e é aí que vem outra crítica, a da violência no México. A disputa dos carteis de droga destroça o país e condena os mais pobres a um inferno particular, bem como o tráfico faz com as favelas no Rio. Tudo isso leva muitos mexicanos a acreditar e fazer o impossível para chegar na tão sonhada terra prometida, que na verdade não passa de um cemitério dos sonhos.

*Filme assistido na cabine de imprensa à convite da Esfera Cultural e da Aliança de Blogueiros do RJ. 

* Nossos colunistas são voluntários e não recebem qualquer quantia do blog que não tem fins lucrativos.

* A opinião do filme ou das resenhas pertence ao colaborador que se compromete a enviar uma crítica de sua autoria para ser publicada no blog e divulgada nas demais redes sociais.

4 comentários:

  1. Oii Raffa!
    Adorei conhecer o filme, adoro esse ator!!
    Vou anotar essa dica, espero não me decepcionar...
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Adoro tanto o Gael Garcia Bernal e o Jeffrey Dean Morgan, quero muuuuuito ver!

    Beijos :)

    ResponderExcluir
  3. Raffa!
    Que filme!
    Gosto de filmes nesse estilo onde muito é mostrado sobre os preconceitos.
    Quero assistir.
    Desejo um mês repleto de realizações e um final de semana de luz e paz!!
    “O que mais me interessa saber, não é se falhaste mas se soubeste aceitar o desaire.” (Abraham Lincoln)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA novembro 3 livros, 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  4. Olá! Apesar de não ser muito fã desse tipo de filme, achei o enredo interessante, tratando de um tema super atual, e com cenas que devem ser bem tensas com esse jogo de gato e rato, acho que serve para mostrar uma realidade que não está muito distante de nós, visto que muitos brasileiros, também tentam entrar nos EUA com o auxílio de coiotes.

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para mim! Me diga o que achou dessa postagem e se quiser que eu visite seu blog, informe o abaixo de sua assinatura ;)