quarta-feira, 13 de junho de 2018

[Resenha] Cuida do Meu Coração @thegiftbox

Título Original: Cuida do Meu Coração
Autora: Carol Dias
Editora The Gift Box
Modelo de Capa: Manuel Yanez
Número de págs: 225
#67


Até hoje só tinha lido um conto da Carol Dias, parece incrível e é que apesar de tanto contato com ela eu ainda não tenha lido seus livros anteriores. Eu pude me deparar com a escrita dela e levei um choque, em parte porque esperava algo mais light uma história de amor com altos e baixos mas ainda assim um drama menor, e Carol não economizou na sofrência de sua Luiza.
Sua protagonista tem um namorado que estuda com ela na faculdade até que na noite de Ano Novo descobre que o tal Rubens passou um final de semana inteiro transando com uma garota em diferentes locais da casa como um corretor mostra um imóvel. Quer que piore? A moça está grávida do traidor. Se não é para fazer a protagonista chorar logo no primeiro capítulo então acho que Carol nem começa, porque isso é só o começo das dores que a moça passará nessa história.

Mas como  a capa já denuncia, teremos um crush e ele é produtor, chamado Davi. O rapaz que trabalha com a melhor amiga dela, Paula que tem um grupo musical famoso, vai ver  a moça sofrendo e oferecer muito mais do que seu ombro, o problema é que ela não quer nada mais do que uma noite com ele, bem insana, não é?
Já aviso que as atitudes dela não agradarão boa parte dos leitores, tendo em vista que aqui é o rapaz quem faz o papel de o cara mais fofo do universo que está super interessado mas não anda recebendo o amor em reciprocidade.
Mais para frente veremos que o fator Colleen Hoover dessa história estava só começando e ela vai sofrer uma imensa perda que pelas mãos do destino, ou melhor da autora, vai fazer com que Davi esteja ao lado dela quando receber a notícia. Os dois se reencontrarão na Sapucaí e ao oferecer uma carona para ela após  receber uma ligação da irmã, Davi acabará presenciando a maior dor da vida de Luiza, que até então achava que sua decepção amorosa com Rubens era o fim do mundo. Não a julgo, já me senti assim, mas nunca fiz como ela de deixar escapar um ursinho fofo como Davi ( é como se referem a ele no livro).
Daí para frente eu no lugar dela também me sentiria desnorteada, sem querer saber de nada e me sentindo a pessoa mais infeliz do mundo.
Apesar do livro ter muitas músicas e uma playlist no final indicada pela autora, arrisco dizer que a que me lembrei durante  a leitura foi aquela música da Ana Carolina: "E cada vez que eu fujo eu me aproximo mais, e te perder de vista assim é ruim demais..." imaginei Davi cantando isso para ela.
O resultado é uma leitura prazerosa, um rapaz que toda queremos em nossas vidas e uma protagonista que conhecemos alguém parecida, por vezes egoísta, sofrida mas ainda assim com um coração bom. Gostei bastante do livro e acho que  a maioria via curtir muito. Eu amo a Colleen Hoover, então já sabem que curto uma sofrência. 
O livro está à venda em formato físico na loja da The Gift Box e em formato digital pela Amazon. Foi o lançamento de abril deles, no blog tem todas as resenhas, corre para ler porque só tem livro incrível.

5 comentários:

  1. Oi, Raffa.

    Gosto quando o livro tem esse diferencial, e é o mocinho quem acaba sofrendo.

    Apesar de causar sentimentos contra versos no leitor, é compreensível essa insegurança e rigidez da personagem.

    O livro tem um bom enredo, com conteúdo e que não o torno vazio. Acho que eu iria gostar de lê-lo.

    ResponderExcluir
  2. Ainda não tive contato com as letras da autora, mas pelo que li acima, já quero é muito conhecer este trabalho dela!
    Sou fã de um bom drama e se ele vier com umas pitadinhas de momentos de burrice total, melhor ainda!rs
    Pois dispensar um "homão" assim, é meio burrinho.
    Ah, também amo Collen!rs
    Vai para a lista de desejados.
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Geralmente gosto de romance para intercalar com um pedaço lido anteriormente. Quando li teu comentário do excesso de drama da protagonista já tinha descartado, pq acho um horror "sofrência e chororo" mas quando chegou na parte que é o moço fofo que sofre, me deu um misto de raiva dela, sem mesmo a conhecer e curiosidade em ver como se desenrola. Tá valendo então.

    ResponderExcluir
  4. Fiquei com vontade de ler, ainda não li nada dela ^_^

    Beijos :)

    ResponderExcluir
  5. Raffa!
    Confesso que não li nada da Caro, ainda, mas depois dessa sua resenha e saber que ela tem uma escrita forte para um drama e que a leitura é prazerosa, quero poder ler.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para mim! Me diga o que achou dessa postagem e se quiser que eu visite seu blog, informe o abaixo de sua assinatura ;)