sexta-feira, 15 de março de 2019

Menina que via Filmes: Um Funeral em Família [Crítica]


Título Original: A Madea Family Funeral
Título no Brasil: Um Funeral em Família
Data de lançamento 4 de abril de 2019 (1h 49min)
Direção: Tyler Perry
Elenco: Tyler Perry, Patrice Lovely, Cassi Davis mais
Gênero Comédia
Nacionalidade EUA
por Cecilia Mouta


Um Funeral em Família, comédia dirigida por Tyler Perry, mais uma vez mostra a veia artística do diretor para filmes com teor de novela mexicana. Para quem não se lembra, Perry foi o diretor de Acrimônia, lançado no ano passado.

No longa da vez, o ator e diretor dá vida a Medea, uma personagem que encarna há muitos anos e que faz sucesso com seu público americano. Medea é uma senhora desbocada, que não tem papas na língua na hora de dar sua opinião e que, na hora em que começa a falar, não sabe a hora de parar. No começo da história, Medea e seu grupo de amigos estão indo para uma festa de aniversário que acaba se transformando num funeral. Aqui o filme se bifurca em dois teores: Medea e seus amigos continuam com o viés cômico, mas inicia-se também um drama mexicano, com intrigas e traições por parte da família do morto. 

Cheio de piadas politicamente incorretas e com um humor pastelão, a comédia perde fôlego por diálogos muito longos e repetitivos. O que poderia salvar o filme, o teor dramático, não passa de uma chuva de clichês sobre histórias de família, o patriarca mulherengo, o filho que segue o mesmo caminho com a namorada do irmão. As cenas de drama são rasas, assim como seus personagens, e as atuações deixam bastante a desejar. 
Sem um drama convincente, com piadas que beiram o ridículo e a falta de bom senso, a comédia Um Funeral em Família seria quase um tiro no pé, se já não soubéssemos de quem é o filme. Tyler Perry continua deixando sua marca e seu recado nas comédias americanas, mas fica difícil conseguir agradar alguém fora do seu público já cativo. 

*Filme assistido na cabine de imprensa à convite da distribuidora
*Nossos colunistas são voluntários, as críticas publicadas no site são de suas autorias.


4 comentários:

  1. Filmes assim normalmente trazem esse lance da comédia pastelão. Isso é ruim? Até que não..rs mas sei lá, não curto muito não.
    Apesar que oh, verei sim!
    Acho que precisamos sorrir e rir um tanto bom e talvez mergulhar em enredos mais bobos faz bem de vez em sempre!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Que pena! Quando começou a falar da comédia, parecia ser interessantíssima! Mas, segundo a sua crítica, não é. 😕

    ResponderExcluir
  3. Cecília!
    O que por vezes estraga um filme americano de comédia, na minha opinião, é que eles tem um humor tão sem graça e por vezes nem entendemos as piadas que contam... Nem sorrio.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  4. Nossa, que bomba, vou passar bem longe kkkk

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para mim! Me diga o que achou dessa postagem e se quiser que eu visite seu blog, informe o abaixo de sua assinatura ;)