domingo, 12 de novembro de 2017

[Resenha] Como Agarrar uma Herdeira + Como se Casar com um Marquês @editoraarqueiro

Título Original: To Cath A Heiress
Título no Brasil: Como Agarrar uma Herdeira
Livro 1- Série Agentes da Coroa
Autora: Julia Quinn
Editora Arqueiro
Número de págs:304
#156









Não estranhem por verem Julia Quinn sendo resenhada por mim. Não, não é a Bianca quem fez essas 2 resenhas. Mas sim, eu dei uma segunda chance à Julia e foi a melhor coisa que fiz, já que a primeira impressão com O Duque e Eu foi pavorosa, achei o livro lento, cansativo e nunca nem o resenhei. Mas vamos à essa história: Como Agarrar Uma Herdeira tem uma protagonista chamada Caroline, que é  a herdeira do título, não sobrou absolutamente ninguém de sua família para contar história e nos últimos 10 anos ela passou por vários guardiões cujo as experiências foram traumatizantes. No entanto,  seu atual guardião, Oliver Prewitt, é o pior de todos que ela já conheceu, e Oliver está decidido a obter a herança de Caroline. Vale lembrar que a herdeira não é uma personagem insuportável, e sim uma moça ótima com muito senso de humor. Aliás eu ri em muitos trechos desse livro. 

A escrita de Julia aqui é de fato muito boa, ela consegue envolver os personagens secundários e torná-los importantes nas lembranças do leitor.
O tal Oliver é tão abominável que quer forçar Caroline a se casar com o filho dele, no desespero dela completar 21 anos e ele perder o direito sobre ela. Gente, mas o que vai acontecer é MUITO comédia - ah, sim era para ser romance, mas amei isso... - a moça fugindo desse insano vai ser pega por Blake, um agente da coroa que pensará que ela é uma tal Carlotta de Leon, esperta ela pensa que prefere que ele pense que ela é a tal Carlotta do que ser obrigada a casar com o filho de Oliver.
E a confusão e clima de romance serão montados...Blake Ravenscroft é o herói do livro, e há coisas que eu AMO sobre ele. Ele é honrado e divertido, e um pouco tenso sobre as coisas. Mas ele está traumatizado pela morte de sua noiva anos antes. Compreendo completamente por que Blake ficou tão chateado com a morte de Marabelle, mas, ao mesmo tempo, sua angústia ficou irritante e, muitas vezes, machucou Caroline. E eu amei Caroline tanto que não queria que ela estivesse chateada. Mas Blake supera seus problemas, ele apenas levou um tempo maior e os dois ...bom eu deixo para vocês descobrirem. É uma leitura incrível. 
******************************************************



Título Original: How to Marry  A Marquiss
Título no Brasil: Como se casar com um marquês
Livro II - série Agentes da Coroa
Autora: Julia Quinn
Editora Arqueiro
Número de págs: 319
#157





Quando  a gente curte muito um livro que é de série, fazemos o que? Sim, a gente lê o volume seguinte assim que fecha a última página do outro, e lá vamos nós para mais um livro de Julia Quinn, essa mulher vicia gente!
Só que esse livro não é exatamente uma sequência e sim faz parte da série focando em um personagem - James - que já tinha aparecido no livro anterior, já que ele é o melhor amigo de Blake e agora conhecemos Elizabeth. Mesmo assim a experiência foi bem positiva.
Elizabeth Hotchkiss é uma mulher de fibra, afinal criou seus três irmãos mais novos sozinha nos últimos cinco anos após a morte dos pais.  Seu trabalho como dama de companhia  de uma senhora excêntrica, Lady Danbury, apenas paga as contas e não sobra para nenhum luxo ou sonho. Quando ela conhece o livro Como se casar com um marquês na biblioteca da senhora, ela tem uma ideia, e sua irmã Susan de apenas 14 ano irá apoiá-la. 
Bom, já tínhamos conhecido em Como Agarrar Uma Herdeira o personagem James Sidwell, Marquês de Riverdale, ele é ninguém menos que  o sobrinho querido de Lady Danbury, a tia chama o sobrinho para ajudar a desmascarar alguém, mas claro que ele conhecerá Elizabeth, lógico que ela terá motivos de sobra para colocar o livro em prática e será óbvio que amaremos e pediremos um romance no meio de tudo isso.
O que torna este livro mais do que uma leitura bacana  vem do desenvolvimento dos personagens e da trama. Nem Elizabeth nem James tiveram vida fácil, mas eles não despejam  seu sofrimento no mundo. Quando eles compartilham suas histórias algo nasce ali que  os aproxima. Quando o conflito surge,  Quinn não castiga o leitor  e nos faz suspirar mas também rir do que virá pela frente. 
Nem sei dizer qual história gostei mais, as duas protagonistas são maravilhosas, mas James é meu favorito na disputa com Blake.



Um comentário:

  1. Eu caí na besteira de comprar só o primeiro e até agora não tive coragem para ler, pois sabia que iria ficar angustiada. Diferentes de você eu sou louca pela Júlia desde O Duque E Eu, mesmo com a sacanagem que a Daphne fez com o Simon, mas essa é outra história rs Não vou aguentar esperar o Black Friday, essa resenha acabou comigo,vou começar a ler Como Agarrar Uma Herdeira agora.

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para mim! Me diga o que achou dessa postagem e se quiser que eu visite seu blog, informe o abaixo de sua assinatura ;)