domingo, 15 de fevereiro de 2015

Menina que via Filmes : O Jogo da Imitação [Crítica]

Título Original: The Imitation Game
Título no Brasil: O Jogo da Imitação
Dirigido por Morten Tyldum
Com Benedict Cumberbatch, Keira Knightley, Matthew Goode mais
Gênero Biografia , Drama

Nacionalidade EUA , Reino Unido
Duração : 1h 55 min
Censura: 12 anos








Durante a Segunda Guerra Mundial, o governo britânico monta uma equipe que tem por objetivo quebrar o Enigma, o famoso código que os alemães usam para enviar mensagens aos submarinos. Um de seus integrantes é Alan Turing (Benedict Cumberbatch), um matemático de 27 anos estritamente lógico e focado no trabalho, que tem problemas de relacionamento com praticamente todos à sua volta. Não demora muito para que Turing, apesar de sua intransigência, lidere a equipe. Seu grande projeto é construir uma máquina que permita analisar todas as possibilidades de codificação do Enigma em apenas 18 horas, de forma que os ingleses conheçam as ordens enviadas antes que elas sejam executadas. Entretanto, para que o projeto dê certo, Turing terá que aprender a trabalhar em equipe e tem Joan Clarke (Keira Knightley) sua grande incentivadora.








Biografias me encantam. Se tratam de temas como Segunda Guerra então, melhor ainda. Alan Turing ( Benedict Cumberbatch, estupendo no papel!) sempre foi diferente dos outros, na escola era zoado por seus colegas e os professores sabiam da genialidade dele. Adulto, formado em Matemática, ele se candidata a equipe militar britânica para desvendar a "enigma", aparelho que os alemães utilizavam para se comunicar e dar coordenadas aos submarinos  durante a Segunda Guerra. Extremamente pedante e com cara de poucos amigos, Turing fez mais desafetos do que amigos, inclusive o Comandante Denninston ( Charles Dance) que o contrata mas depois não aguenta o jeito sem limites dele. 

No meio da equipe montada Turing também cria inimigos, ele quer trabalhar sozinho, acha que ninguém está a sua altura e somente se encanta com Joan Clarke ( Keira Knightley, linda e atuando bem como sempre). A moça que se apaixona por ele e que é muito inteligente logo vira sua melhor amiga, ela quer mais do que isso, ele se assume homossexual para ela, mas como era crime na época ninguém podia saber da verdade.
Entre decifrar código e relembrar um passado de bullying na escola, o espectador não vê muitos bombardeios e nem sequer há cenas de guerra , esse não é o foco. O principal ali é mostrar que uma pessoa que pelo menos diminuiu em 2 anos a guerra de Hitler foi esquecida e se matou por ser homossexual, ou seja, ele mesmo foi vítima do preconceito de uma guerra que nasceu disso, contra o povo judeu. 

Com atuações que se completam ( o time todo é bom, mas temos destaque para Mark Strong como Stewart Menzies e Matthew Good como Hugh) e relatos que nos impressionam sobre a genialidade do matemático britânico e tudo que ele ajudou a descobrir sobre a Enigma!
O roteiro é acertado e não deixa falhas , a direção é uma perfeição que mesmo quem não saiba percebe que esse filme é daqueles dignos de estatueta. Se vai ganhar, não sabemos, mas será uma injustiça se sair sem nenhuma do evento desse ano.
Benedict e Keira duelam em cena, e juntos fazem desse filme um dos melhores do gênero. Para ver mais de uma vez. 



10 comentários:

  1. Oi, Raffa!!
    To louca pra ver esse filme! Amo o Ben, meu Sherlock lindo! Vou ver e rever não tenha dúvida. Adorei a história... sou péssima em enigmas, até o mais idiotas...rs Adoraria ver como funciona tudo isso...
    Beeeeeeeeeeeeijos

    ResponderExcluir
  2. Deu vontade de assistir o filme mesmo não sendo fã de filmes da Segunda Guerra.
    Também acho a Keira uma ótima atriz. Espero que esse filme passe onde moro.
    Beijos, Raffa!

    ResponderExcluir
  3. Vi esse filme em cartaz mas nem me interessei muito e nem pesquisei pra saber direito, mas agora com sua resenha fiquei muito curiosa pra conhecer a historia dele, uma pessoa que foi tão importante sendo o responsável por salvar a vida de muita gente. Muito triste saber que ele se matou :l vou assistir em breve.

    ResponderExcluir
  4. Não sou muito fã dos atores (cara, eu sou muita chata com atores, deu pra perceber já né) mas o filme me parece ser interessante, principalmente por ter sido uma coisa que aconteceu de verdade, Não gosto de biografias mas abro exceção pra quando elas tem a ver com a segunda guerra.

    ResponderExcluir
  5. Infelizmente, o cinema adapta as grandes obras literárias da forma que eles bem entenderem e quiserem. O que é uma pena, porque na maioria das vezes eles acabam fugindo da história central, como no caso do filme da Biografia do Alan Turing , "O Jogo da Imitação". Não adianta possuir um conjunto de atores bons, diretores consagrados, se não sabem levar a história do livro para as telonas da forma que ela é. Meu professor de Filosofia citou este filme na sala de aula e fiquei realmente curiosa para vê-lo. Mas sabendo que há muita distorção da verdade no que vai ser apresentado. Principalmente por o Alan ser gay e eles colocarem uma noiva no filme para ele (OIIII?????!!).
    Estou ansiosa para assistir. Beijo.

    ResponderExcluir
  6. Oi, Raffa!!!
    Eu acho que já comentei aqui sobre o filme...rs mas como não tenho certeza...rs melhor dizer que adorei sua crítica e quero muito ver o filme...
    Beeeeeeeeeeijos

    ResponderExcluir
  7. Como adoro a Keira e o Benedict, veria o filme mesmo que não estivesse lendo coisas boas a respeito dele, o que não é o caso. Gostei muito da sua crítica e espero que leve alguns Oscar. E espero, também, que eu consiga assistir antes da premiação.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Quando começaram os burburinhos para o Oscar deste ano, eu tomei conhecimento deste filme..
    Ainda não havia lido muita coisa a respeito, apenas sobre a diferença gritante do livro para o filme..mas isso é até normal e comum não é?rs
    Amo o trabalho do Benedict..apesar de ter visto pouca coisa..e não vejo a hora de acompanhar esse filme que tem tudo sim, para ganhar ao menos, uma estatueta!!!!
    Biografias sempre conseguem arrancar suspiros..
    Beijo

    ResponderExcluir
  9. Eu adoro filmes de historia , principalmente tendo a ver com a segunda guerra... Espero que o filme ganhe algum premio no Oscar , porque ele merece muito !!
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. adorei sua crítica, e amei o filme!!!
    também adoro biografias, e historias sobre a Guerra =D


    http://rodapedelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante para mim! Me diga o que achou dessa postagem e se quiser que eu visite seu blog, informe o abaixo de sua assinatura ;)